Quinta-feira (30-07)

Debate “Lusofonia? Como pensar em uma ligação decolonial entre os países através do rap?” (13h do Brasil, 17h de Portugal e Angola, 18h de Moçambique)

Convidadxs: MCK (Angola), Redy Wilson Lima (Cabo Verde), Isabel Ferin Cunha (Portugal), Vinícius Terra (Brasil), Tânia Macêdo (Brasil), Hamilton Chambela (Moçambique).
Moderador: Carlos Mossoró (Brasil).    


Beats Maning Arretados (16h do Brasil, 20h de Portugal e Angola, 21h de Moçambique)
Exposição de beats com artistas que enviaram beats para a construção das nossas cyphers: Caboco (Mossoró/Brasil), Chambeats (Curitiba/Brasil), Jucka Anchieta (São Paulo/Brasil), César Hostil (São Paulo/Brasil), N.E.X.U.S. (Matola/Moçambique), Sintaobeat (Quelimane/Moçambique) e IMBGLK (Chimoio/Moçambique).
 

Rap di Mina (18h do Brasil, 22h de Portugal e Angola, 23h de Moçambique) 

Mary M (Portugal) e Larissa Galvão (Brasil) convidam Nina Uma (Bolívia), Capicua (Portugal) e Vera Verônika (Brasil) para entrevistas especiais e as seguintes rappers para participações artísticas: ARIELE (Brasil), Leokid (Moçambique), Dre (Brasil), Neblina (Portugal), Larissa Galvão (Brasil), Mekys e Karenka (Bolívia), Miriam (Bolívia), Liddia (Brasil), Casanova (Portugal), Talucha (Moçambique), Rossana (Brasil), Isadroga (Brasil), King A Braba (Brasil), Ginga (Angola), Muleca XIII (Brasil/Portugal) e Pretta Soul (Natal/Brasil).